Foto: Eugênio Savi

 

A Filarmônica de Minas Gerais está de volta. A abertura da nova temporada será nos dias 4 e 5 de março, às 20h30, na Sala Minas Gerais, em concerto regido pelo maestro Fabio Mechetti e que terá como solista o Principal Contrabaixista da Orquestra, Neto Bellotto.

O concerto de quinta-feira acontecerá no formato híbrido e terá transmissão ao vivo aberta a todo o público pelo canal da Filarmônica no YouTube. O programa terá a célebre e revigorante Quinta Sinfonia de Beethoven; Rosamunda: Abertura, D. 644, de Schubert e o desafiador Concerto para contrabaixo nº 1 de Bottesini, nos 200 anos do compositor italiano, que será interpretado por Bellotto. As apresentações terão presença de público, sendo que a venda de ingressos estará disponível somente para a apresentação de sexta-feira (5/3), a partir das 15h do dia 4, no site ou na bilheteria da Sala Minas Gerais.

“Damos início à nossa décima quarta temporada apostando numa programação que reflete nossa perspectiva de otimismo ao longo deste ano. Pensada para ser desenvolvida paralelamente ao retorno gradativo à normalidade, a Temporada 2021 mostrará a força transformadora da boa música sinfônica através de um repertório estimulante, cativante e com solistas de grande relevância, desde nossos próprios talentosos músicos a nomes internacionais consagrados”, comemora o maestro Fabio Mechetti, Diretor Artístico e Regente Titular da Filarmônica de Minas Gerais,

Limitação
Um rigoroso protocolo de segurança orienta a realização dos concertos para garantir a saúde do público, dos musicistas e da equipe técnica, como a limitação da presença de, no máximo, 393 pessoas por apresentação, o que corresponde a cerca de 26% da capacidade total da Sala (1.493 lugares). Além disso, o público terá sua temperatura medida antes do acesso à Sala Minas Gerais e será obrigatório o uso de máscara por todo o período de permanência no espaço.