Foto: CMBH

 

Nesta quinta-feira (20/5), funcionários do metrô de Belo Horizonte paralisam suas atividades por 24 horas. A medida foi deliberada em votação nesta segunda-feira (17) conduzida pelo Sindicato dos Empregados em transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindmetro).

O motivo da greve é que a categoria pede uma data para a vacinação do setor. “Será apenas um dia de vacinação. Se caso até lá a gente conseguir uma data apara a vacinação da categoria a paralisação vai ser suspensa. A categoria está trabalhando, initerruptamente, desde o início da pandemia e seque há uma data para a aplicação dessa vacina”, explicou o presidente do Sindmetro Romeu José Machado Neto.

O Sindmetro  informou que ao menos 14 % dos trabalhadores do metrô foram infectados pelo novo coronavírus e quatro óbitos decorrentes a infecção foram registrados. Por isso, o presidente do Sindmetro comunicou que já enviou um ofício para o governo de Minas, a Prefeitura de Belo Horizonte, e para a presidência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) solicitando o medicamento para toda categoria, mas não obteve resposta.