Tem novidades no trânsito de Belo Horizonte. Trata-se de um dispositivo de contagem de bicicletas instalado na ciclovia da avenida Bernardo Monteiro, esquina com a Afonso Pena, no bairro Funcionários, região Centro-Sul. O resultado apresentado pelo aparelho será usado no planejamento de políticas públicas para ciclistas.

Crédito: Lívia do Nascimento

O dispositivo é patrocinado pelo Banco Itaú. / Crédito: Lívia do Nascimento

O dispositivo, um totem eletrônico, marca quantas bikes passaram ao seu lado diariamente. O sistema é automatizado por um sensor que captura o sentido das bicicletas. Desta forma será possível ter uma parcial de como este veículo vem sido inserido nas ruas de BH.

“O totem mostra para a cidade que o número de ciclistas é muito grande em Belo Horizonte e vem crescendo a cada dia, então ele nos ajuda em toda a área de planejamento, inclusive a conseguir recursos para o Pedala BH”, disse a coordenadora do projeto, Eveline Trevisan, ressaltando que o local de instalação foi escolhido em consenso com o ciclistas.

Belo Horizonte é a segunda cidade brasileira a receber o dispositivo. A primeira foi São Paulo, contemplada em janeiro deste ano. Outra novidade é que, em 2017, outros dispositivos similares serão estalados.

Há quem diga que o ciclista passa despercebido dos olhos dos motoristas de carros e motos, em Belo Horizonte. “Os ciclistas passam sem serem notados pelos olhos do motoristas até por uma questão biológica. Pessoas em carros ou ônibus simplesmente não vê o ciclista ao seu lado. Se a prefeitura cumprisse o prazo para a entrega das ciclovias talvez seria diferente. As pessoas usam bicicleta em Belo Horizonte, não dá para negar isso. Precisamos de um espaço” comenta a estudante Camila Cordeiro. A jovem usa bicicleta para ir ao trabalho e para a faculdade. Talvez o dispositivo possa colaborar para que essa pretensão de Camila se torne uma realidade.

BH e as bikes

Hoje em dia, o espaço das bicicletas em Beagá ainda não é tanto expressivo. São 87 km de ciclovias espalhadas por ruas e avenidas da cidade. O número de viagens é de 129.764, segundo pesquisa Origem e Destino. A prefeitura também informou que a cidade dispõe de cerca de 400 paracilos, os estacionamentos de bicicletas, ao longo da Capital.

%d blogueiros gostam disto: