Famoso por seu caldo de mocotó, o Bar do Nonô, Na Avenida Amazonas, Centro de Belo Horizonte, vai ser tema de um documentário. O projeto é de três publicitários da capital que têm interesse em apresentar o cotidiano movimentado da cidade.

“Estávamos procurando um tema de cultura popular de Belo Horizonte e esse é um bar bem antigo na cidade, que muita gente conhece, tem história e é um local de passagem. Tem vários tipos de pessoas que passam por lá o dia inteiro, daí termos nos interessado também nas histórias delas. Queremos contar a história do bar por meio dos clientes, pois muitos foram levados pelo pai, que foi levado pelo avô e por aí vai. Vamos contar isso como se fosse uma grande conversa de bar”, conta a diretora Luiza Garcia, uma das mentoras do filme.

Orçado em R$ 25 mil, o projeto irá contar com orçamento colaborativo. A campanha para arrecadação durará por 3 meses. Sobre o documentário, a previsão é de que o longa dure entre 30 e 50 minutos e seja lançado no próximo ano.

 

E o bar do Nonô?

Aposto que você já passou por lá! Pode não se lembrar, mas já passou. O estabelecimento está em funcionamento há 51, na Avenida Amazonas, esquina com rua Tupis, Centro de Belo Horizonte.

Quem comanda o pedaço são os cinco filhos do fundador, que deu seu apelido ao local – “Nonô”. O funcionamento é 24 horas. O carro chefe do bar é o caldo de mocotó.

%d blogueiros gostam disto: