Uma faixa anti-homofobia não passou despercebida na manhã desta terça-feira, no bairro Floresta, região Leste de Belo Horizonte. Com a frase: “Quem a homofobia matou hoje?”, o exemplo, que está na Avenida Flávio dos Santos esquina com Rua Salinas, é mais uma forma para mostrar como há pessoas que se dedicam o mínimo por uma minoria que sofre com o preconceito.

'

O flagrante foi feito por um morador do bairro que não se intimidou e logo postou no instagram a imagem. “E no caminho havia uma faixa. A pergunta do dia é: quem a homofobia matou hoje? Para pensar o cruzamento da Av. Flávio dos Santos com Rua Salinas, em #BH #homofobia #preconceito #dor #dislike”, ele escreveu.

Outras perguntas do dia são: Quem será o altor desta faixa? Será mais uma outra pessoa vítima de algum tipo da homofobia? Terá essa pessoa perdido alguém para a violência contra gays? Até quando a frase da faixa vai fazer sentido? É sempre bom refletir!

 

%d blogueiros gostam disto: