Segundo a Vale, a partir das 20h desta quarta-feira, o “Pare e Siga” entre os quilômetros 37 e 40 da rodovia BR-356, nas proximidades de Ouro Preto, será substituído pelo sistema de operação assistida. A alteração foi definida em reunião com a Defesa Civil Estadual, Polícia Militar Rodoviária e Ministério Público Estadual na sede da Promotoria de Justiça na Comarca de Mariana (MG).

Foto: divulgação/PMMG

Foto: divulgação/PMMG

De acordo com o estudo da mancha de inundação da barragem de Vargem Grande, em caso de um rompimento, a BR-356 será atingida entre os quilômetros 37 a 40 pela mancha. Por isso o sistema de interdição estava em atividade.

Já a operação assistida (o novo procedimento de segurança) consiste na liberação total do trânsito nos dois sentidos e a instalação de postos de monitoramento entre os quilômetros 37 e 40 da rodovia, trecho que seria impactado pela mancha de inundação em caso de rompimento da barragem. A substituição resultará em melhorias no fluxo de veículos e em maior segurança para os usuários, inclusive na hipótese de rompimento.

O acordo prevê, dentre outras ações, a instalação de novas placas informativas nos locais com risco de inundação e áreas seguras e o uso de balizadores flexíveis nas linhas divisórias da via para evitar motoristas na contramão, além do aumento do número de pessoal para atendimento aos usuários, especialmente nas áreas de escape. A equipe de evacuação e emergência da empresa permanecerá em alerta 24 horas por dia, com rádios de comunicação direta com a sala de monitoramento geotécnico, com autonomia para intervenção no tráfego assim que identificada qualquer anormalidade nos monitoramentos da barragem Vargem Grande. Além disso, está preparada para orientar os condutores de veículos para as áreas seguras existentes na rodovia.

%d blogueiros gostam disto: