Não bastasse ao rebaixamento, o Cruzeiro ainda amarga a triste notícia de que Maria Salomé da Silva, a torcedora que é um símbolo para o time, faleceu aos 86 anos. Segundo a família, a causa da morte foi um problema cardíaco já diagnosticado há algum tempo.

Dona Salomé, como é conhecida, deixou um único filho e seis netos. O filho contou que ela morreu no hospital, mas que começou a passar mal no domingo, logo depois que o Cruzeiro foi rebaixado para a série B do Campeonato Brasileiro.

O filho contou ao site G1 que a mãe chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e ele acredita que o mal-estar tem relação com o comportamento vândalo da torcida do Cruzeiro, que destruiu parte do Estádio Mineirão, após a confirmação do rebaixamento.Ela chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros neste dia.

“Ela disse que se não estivesse no Mineirão no domingo, passaria mal do mesmo jeito”, revelou o filho ao G1. Dona Salomé foi um ícone do Cruzeiro por seu bom humor, sua alegria e seu amor pela camisa do time tanto pelo futebol, quanto pelo vôlei ou qualquer outra modalidade.

Abaixo uma homenagem a essa grande e adorável mulher:

/p>

%d blogueiros gostam disto: