Foto: Adão de Souza

Belo Horizonte dá mais um importante passo no enfrentamento à Covid-19 com a realização de testes para confirmação do novo Coronavírus em laboratório próprio. Os exames de RT-PCR (exame molecular), efetivos para identificação do vírus na fase inicial da doença, serão realizados a partir do próximo dia 22 no Laboratório Municipal de Biologia Molecular, localizado na região Noroeste da capital (rua Frederico Bracher Júnior, 103, Carlos Prates).

“O laboratório é mais um importante ganho para a população de Belo Horizonte, pois amplia a oferta de exames para Covid-19, o que auxilia nas ações de enfrentamento à doença. Futuramente, no local serão realizados testes para diagnóstico de outros vírus, contribuindo para o planejamento dos trabalhos de prevenção e assistência às doenças respiratórias”, explica o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto.

Neste primeiro momento, o laboratório terá a capacidade diária para realizar exames em 320 amostras, totalizando mais de 1,5 mil por semana. Além de processar os exames de residentes de Belo Horizonte, a unidade também será responsável por realizar as etapas iniciais do RT-PCR para outros laboratórios que compõem a rede conveniada da Funed. Isso vai possibilitar a ampliação adicional de exames para os moradores da capital. Inicialmente, o trabalho começa com a realização em menor escala e, gradativamente, será ampliado. “Há uma expectativa de aumentarmos essa capacidade. Para isso, já estamos trabalhando na aquisição de novos equipamentos”, acrescenta o secretário de saúde.

Oito profissionais da Secretaria Municipal de Saúde vão atuar no local. As coletas para realização dos testes seguem sendo feitas nos hospitais e UPAs. Ainda serão ampliados os pontos para colher amostras de material biológico de profissionais de saúde sintomáticos, que atuam na assistência direta aos pacientes. Com a implantação do laboratório municipal, a Prefeitura fará exames em todos os trabalhadores de saúde de unidades assistenciais, incluindo ACEs e ACS, com sintomas respiratórios.

A realização dos exames na rede municipal reduzirá a demanda do laboratório da Funed, que, até o momento, processa todos os testes diagnósticos RT-PCR de Coronavírus para todos os serviços públicos de Minas Gerais. Isso dará mais agilidade no resultado, qualificando a assistência à saúde da população de Belo Horizonte.

O laboratório foi estruturado em uma área de 123 m². Para instalação do serviço, a ArcelorMittal, em uma parceria sem custos para a Prefeitura, realizou obras na parte estrutural, elétrica, hidráulica e térmica do espaço. Também participaram da iniciativa Supermercados BH, Aperam, JBS e Precon-Pré-fabricados, que doaram equipamentos e insumos suficientes para cerca de seis meses de funcionamento do serviço.

%d blogueiros gostam disto: