Foto: iStock

O número de casos confirmados de Covid-19 em Minas Gerais ultrapassou a marca de 40 mil, chegando a 40.966. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), apenas em 24 horas 2.075 casos foram registrados no Estado. O número significa um recorde de contabilizações diárias da doença.

Quanto ao número de pessoas que não registraram e perderam a vida para o novo coronavírus, ainda de acordo com o boletim, foram registradas mais 49 mortes de ontem (26/06) para hoje (27/06). Agora são 882 mortes confirmadas desde que a primeira da pandemia, registrada em abril deste ano.

Outros índices recordes preocupam as autoridades. Como o de ocupação de leitos de UTI, que em Minas Gerais chegou a 88% na sexta-feira (26/06). Enquanto isso, o hospital de campanha da Expominas, construído para atender com exclusividade os casos de Covid-19, segue pra as mãos da administração estadual e sem plano de funcionamento.

Diante do cenário, Belo Horizonte passará por algumas reestruturações. O prefeito Alexandre Kalil (PHS), voltou com as medidas restritivas ao comércio e apenas estabelecimentos de necessidade irão funcionar a partir de segunda-feira (29/06). O metrô da capital também entra pra o quadro de funcionamento reduzido, com embarques e desembarques apenas entre 5h40 e 9h e depois entre 16h e 20h, nas 19 estações.

%d blogueiros gostam disto: