O pão-francês, ou pão de sal, ainda é o mais consumido em Belo Horizonte. (Foto: Ricardo Barbosa- Arquivo -ALMG).

O pão-francês, ou pão de sal, ainda é o mais consumido em Belo Horizonte. (Foto: Ricardo Barbosa- Arquivo -ALMG).

O café da manhã para os belo-horizontinos tem ficado cada dia mais complicado. Após as frequentes altas no preço do leite e do café, agora a vítima é o pão. Segundo pesquisa realizada pelo Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o preço do alimento que é bastante presente nas mesas matinais cresceu em média 2,3% em julho.

Cerca 40 padarias participaram da pesquisa que foi realizada em todas as regiões da capital. Foram 3 tipos de pão consultados e os aumentos foram os seguintes: O pão francês registrou aumento de 2,35%, o pão sovado de 1,17% e o pão doce de 2,73%.

É gritante a variação do quilo entre os estabelecimentos. O pão-francês, famoso pão de sal, custa entre R$ 8,00 e R$ 15,90, dependente do local. O pão sovado fica na faixa de R$ 7,90 à R$ 26,99. Já o pão doce é encontrado entre R$ 8,00 e R$ 29,99.

Na análise por região, a Nordeste foi a que mais promoveu alta nos preços, cerca de 14,07%, em média. A única em que houve deflação foi o Barreiro, com -4,33%. Outro fator de relevância é a variação dos preços – o Procon Assembleia constatou diferenças de até 189,87% na região Noroeste, 126,05% na Oeste e 115,76% na Centro-Sul.

Caso você queira saber exatamente os preços de cada um dos locais, basta acessar a pesquisa completa clicando neste link.