23 Santas Casas de Minas Gerais tiveram a certificação concedida pelo Ministério da Saúde. Segundo assessoria do Ministério, essas Instituições s cumpriram os requisitos necessários à certificação, oferecendo ao Sistema Único de Saúde (SUS) pelo menos 60% de prestação dos serviços com base nas internações hospitalares e atendimento ambulatoriais, além do cumprimento de metas pré-estabelecidas que melhoram o atendimento à população. As portarias que concedem as certificações estão disponíveis no Diário Oficial da União (D.O.U).

O Governo Federal também está investindo na inserção de ações prioritárias de saúde no conjunto de critérios para a comprovação da prestação de serviços ao SUS para certificar as entidades beneficentes. A pactuação dessas ações ocorre no âmbito dos Estados e Municípios e abrange as áreas de Atenção Obstétrica e Neonatal, Oncológica, Urgências e Emergências, Usuários de Álcool, Crack e outras Drogas e Hospitais de Ensino.

A Santa Casa de Belo Horizonte será um dos hospitais públicos que serão afetados pelo corte. / Créditos: site oficial da Santa Casa.

A Santa Casa de Belo Horizonte não apareceu na listagem porque já havia recebido o certificado em outra ocasião. (Foto: site oficial da Santa Casa de Belo Horizonte).

“Estamos trabalhando no fortalecimento das santas casas e hospitais filantrópicos, com foco na qualidade da gestão do SUS e na melhoria do acesso aos serviços. Isso potencializa as ações para estruturação das Redes de Atenção à Saúde e beneficia diretamente milhões de brasileiros”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Atualmente, a rede hospitalar beneficente é responsável por 37,98% dos leitos disponíveis no SUS, distribuídos em 6,3 mil estabelecimentos em todo o Brasil.

 

As cidade de Barroso, Lavras, Uberlândia, Cristina, Rio Acima, Arcos, Caratinga, Juiz de Fora, São Vicente de Minas, Campos Altos, São Sebastião do Paraíso, Passos, Santo Antônio do Monte, Ituiutaba, Pirapora, Bumbai, Uberaba, Cambuquira, Jaboticatubas, Grão Mogol, Machado e Bom Sucesso são as beneficiadas.