O 42º Concurso Nacional de Produtos Lácteos, realizado em Juiz de Fora, durante a 37ª Semana Nacional do Laticinista, destacou duas marcas de doce de leite de Minas Gerais como primeira e segunda posição no ranking. Mesmo com a liderança, o grande destaque do evento foi para o vice campeão.

O que evidenciou o doce Dom Coimbra, segundo colocado, é que o doce ainda nem chegou ao mercado e já arranca elogios dos profissionais do setor. Com produção semanal estimada em 60 potes de 400 gramas cada, o  produto é produzido na cidade de Coimbra, na Zona da Mata mineira e é fruto do trabalho do psicologo e produtor Ailton Campos Lourenço que agora está ainda mais motivado para expandir o negócio.

“O objetivo era colocar o nosso doce de leite no mercado em novembro, pois sou muito cauteloso e só decidi abrir a empresa, após muitas pesquisas, experimentações e ajustes que permitiram melhorar a qualidade do produto. Agora com o resultado do concurso, começamos um processo de expansão, pois o prêmio foi um incentivo bem grande”, admite o fabricante.

O primeiro lugar é mantido pelo Doce Viçosa, que há anos ocupa essa primeira posição e é referência até mesmo no exterior.