Caro eleitor, desde o dia 04 de agosto, a campanha eleitoral  autorizada. Diferente das edições passadas, nessas eleições as regras estão mais rigorosas e os candidatos terão que andar bem na linha, caso não queiram ser excluídos das chapas. O TRE-MG, ainda pede para que os cidadãos não fiquem imparciais e denunciem as irregularidades que virem.

Muita coisa foi bloqueada devido o endurecimento das regras. Cavaletes, bonecos infláveis, cartazes, faixas, ou qualquer outro objeto físico nas ruas, que antigamente eram permitidos, hoje não podem mais. Porém, pinturas de muros particulares com os números dos candidatos ainda são aceitos. Brindes, como canetas, camisetas, agendas, ou qualquer outro artigo de vestuário, também foram impedidos.

Comícios, caminhadas e ações populares serão permitidas até 48 horas antes do dia do plebiscito. Distribuição de panfletos e santinhos continuam liberadas desde que não sejam realizadas em locais públicos e de uso comuns, como cinemas, estádios, comércios, igrejas e praças. O TRE faz um alerta para o lixo que esta demanda de papel pode deixar – o candidato pode ser punido.

Outra novidade para as eleições 2016 é para o uso da biometria que será utilizada em todas seções da capital. A propaganda eleitoral obrigatória no rádio e televisão terá seu início no dia 26 de agosto. Caso o eleitor sentir a necessidade de denunciar algum ato iregular, ele pode acessar o site do TRE-MG e apresentar sua queixa.