Está chegando o início da maior feira de mobiliário de Minas Gerais. A Casa Cor, terá seu início dia 30 de agosto, terça-feira, e se estende até o dia 04 de setembro, domingo. Evento acontece em sua sede, na Pampulha e será uma ótima oportunidade para você que está procurando um diferencial para a sua casa.

Chegando a sua 22ª edição, a mostra reúne um conjunto de expositores ligados a vários nichos da decoração, arquitetura e designer. Entre algumas novidades desta edição está a construção de uma casa pré-fabricada, com a utilização de tecnologia inovadora e de um teatro multiuso, que receberá uma intensa programação cultural; além de um amplo roteiro  gastronômico que inclui a participação de grandes chefs para aulas abertas e degustações.

Além disso, a Casa Cor Minas expande sua atuação pela cidade, celebrando o título de Patrimônio Cultural da Humanidade conquistado pela Pampulha, ocupando também outros espaços na orla da lagoa como a Casa do Baile, o Iate Tênis Clube e o Museu de Arte da Pampulha. “Esta é a quinta edição da mostra que fazemos na região. Nosso público adora os eventos na Pampulha, que sempre nos permite uma vista maravilhosa. Estarmos lá logo neste ano tem um sabor especial”, afirma o diretor João Grillo, à frente do evento desde a primeira edição.

Os visitantes podem conhecer todos os espaços da mostra clicando no site do evento. Indústrias, fábricas e artistas locais são destaque ao lado do valor da sustentabilidade. Toda a energia utilizada pelo casarão é 100% renovável, gerada por células fotovoltaicas. Os ingressos já estão a venda e também podem ser adquiridos pelo site. Confira 04 exemplos maravilhosos e ambientes expostos no evento:

Banho Camarim: Camila Bignoto. O espaço ganha itens sofisticados como os metais Deca no mesmo tom de dourado do painel em ferro, desenvolvido em conjunto com a artista plástica Eliana Braga. Na parede com revestimento mosaico, distribuem-se espelhos redondos com fitas de LED na base, reforçando o apelo geométrico. Do lado oposto, junto ao vestido, é possível ver a parede espelhada do chão ao teto, que inclui totens com iluminação, conferindo um ar de passarela (foto: divulgação).

Banho Camarim: Camila Bignoto. O espaço ganha itens sofisticados como os metais Deca no mesmo tom de dourado do painel em ferro, desenvolvido em conjunto com a artista plástica Eliana Braga. Na parede com revestimento mosaico, distribuem-se espelhos redondos com fitas de LED na base, reforçando o apelo geométrico. Do lado oposto, junto ao vestido, é possível ver a parede espelhada do chão ao teto, que inclui totens com iluminação, conferindo um ar de passarela (foto: divulgação).

Otacílio – Bar Gastrô: Luciana Savassi e Marcos de Paula. O mobiliário traçado em linhas modernistas e as curvas características de Oscar Niemeyer são reverenciados na cobertura em forma de tenda. Ela lembra um tecido levado pelo vento e preserva a integração com a belíssima vista da lagoa. Outra novidade está na cozinha automatizada, onde a abertura de armários e adegas é acionada com um simples toque no iPad (foto: divulgação).

Otacílio – Bar Gastrô: Luciana Savassi e Marcos de Paula. O mobiliário traçado em linhas modernistas e as curvas características de Oscar Niemeyer são reverenciados na cobertura em forma de tenda. Ela lembra um tecido levado pelo vento e preserva a integração com a belíssima vista da lagoa. Outra novidade está na cozinha automatizada, onde a abertura de armários e adegas é acionada com um simples toque no iPad (foto: divulgação).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estar com Home: Camile Guedes. A estante foi elaborada em madeira nacional de manejo sustentável, com um fundo em cortiça que favorece a acústica do ambiente. Nela foi encaixada uma lareira em mármore português. A mistura também ganha um toque de estilos franceses, como o Art Déco no desenho do tapete e o clássico citado nas boiseries das paredes. Já o dourado remete ao barroco mineiro, no espaço que também ganha o aconchego de tecidos naturais, como linho e algodão (foto: divulgação).

Estar com Home: Camile Guedes. A estante foi elaborada em madeira nacional de manejo sustentável, com um fundo em cortiça que favorece a acústica do ambiente. Nela foi encaixada uma lareira em mármore português. A mistura também ganha um toque de estilos franceses, como o Art Déco no desenho do tapete e o clássico citado nas boiseries das paredes. Já o dourado remete ao barroco mineiro, no espaço que também ganha o aconchego de tecidos naturais, como linho e algodão (foto: divulgação).

Suíte master e banho: Márcia Carvalhaes. O melhor do design brasileiro vem representado nas cadeiras, bancos e poltronas distribuídos no espaço, sobre o tapete bicolor que reveste toda a área. Nas paredes, a textura de tecido confere aconchego, assim como a iluminação que cria recantos para relaxar. Outro destaque é a cabeceira da cama em couro pespontado (foto: divulgação).

Suíte master e banho: Márcia Carvalhaes. O melhor do design brasileiro vem representado nas cadeiras, bancos e poltronas distribuídos no espaço, sobre o tapete bicolor que reveste toda a área. Nas paredes, a textura de tecido confere aconchego, assim como a iluminação que cria recantos para relaxar. Outro destaque é a cabeceira da cama em couro pespontado (foto: divulgação).