A falta de informação e o descumprimento das normas regulamentadoras brasileiras de proteção ao trabalhador são algumas das causas de acidentes de trabalho no país. De acordo com pesquisa realizada pela Previdência Social, o Brasil é o 15º colocado no ranking mundial em número de acidentes de trabalho e 4º em acidentes com vítimas fatais. Apesar do número de acidentes ter diminuído, de 755.980 casos registrados em 2008 para 70.496 mil em 2010, o número de mortes aumentou, de 2.650 em 2009 para 2.712 em 2010.

Para o diretor da Datte, empresa especializada em treinamentos em segurança do trabalho, Marcos Aires, a falta de informação e as condições ocupacionais são as principais responsáveis pelas ocorrências. “Um treinamento sobre acidentes e doenças de trabalho e a implantação de equipamentos adequados podem reduzir consideravelmente este problema. A consciência do trabalhador aliada à infraestrutura empresarial são de suma importância para evitar acidentes de trabalho”.

A Eldorado Brasil iniciou neste ano, o cadastro de cerca de 420 colaboradores nos cursos de NR’s (Normas Regulamentadoras) por meio de Ensino à Distância (EaD). “Contratamos os treinamentos de NR 35 (Trabalho em altura), e NR 33 (Espaço confinado) e CIPA (Comissão interna de prevenção de acidentes). Outras NR’s estão sendo desenvolvidas de forma customizada para a Eldorado. Os treinamentos são dinâmicos, didáticos, lúdicos e embasados no conteúdo legal exigido por cada NR, o que contribuiu para a decisão da Eldorado em optar pela modalidade EaD com otimização de tempo e rápido aprendizado alinhada ao dinâmico cenário de nossa empresa”, explica o diretor de Recursos Humanos da Eldorado Brasil, Elcio Trajano Júnior.

Promover um ambiente seguro, criar consciência, cumprir determinações estipuladas por lei com relação à saúde e segurança e realizar, periodicamente, análise e controle prévios dos riscos das atividades, podem evitar inúmeros acidentes de trabalho. “Prevenir é sempre melhor do que remediar”, finaliza Aires.