Pequena porém destaque. Parabéns a Extrema, a melhor cidade do Brasil (foto: arquivo Prefeitura).

Pequena porém destaque. Parabéns a Extrema, a melhor cidade do Brasil (foto: arquivo Prefeitura).

Extrema, no Sul de Minas Gerais, foi considerada a cidade mais desenvolvida do Brasil. O resultado foi apresentado pelo Sistema Firjan, Instituição voltada para a pesquisa e organização empresarial.

O índice varia de 0 a 1: quanto mais próximo de 1, melhor é o desenvolvimento da cidade. A nota é calculada segundo a análise de três conjuntos de indicadores. Em Emprego e Renda, o índice leva em conta o quanto a cidade gera de empregos formais, sua capacidade de absorver a mão de obra local, quanto de renda formal é gerada, os salários médios e a desigualdade social. Além disso, também é avaliado a situação da saúde e educação dos municípios.

No geral, a nota de Extrema foi de 0,9050, bastante próximo do máximo. NO quesito Emprego e Renda, a nota foi de 0.8383. Na Saúde, o índice foi de 0,8982. No quesito Educação foi de 0.9784, suficiente para disputar com as cidades com melhor educação do mundo.

O curioso é que Extrema não é uma cidade grande, tais como as do estado de São Paulo. A população é de pouco mais de 33 mil habitantes, para seus 114 anos de história.