Em “Contos de Lá nos Cantos de Cá” a tradição oral de histórias pitorescas, música e artes cênicas se encontram para envolver o público num espetáculo lúdico que viaja pela diversidade cultural de vários povos. A narradora Aline Cântia usa o seu poder da interpretação para sensibilizar e evocar imagens de histórias, embaladas pelo músico e compositor Chicó do Céu. O espetáculo será apresentado em seis espaços culturais de Belo Horizonte, entre os dias 11 e 24 de setembro, com entrada franca.

A parceria entre Aline e Chicó já somam dez anos de pesquisas, projetos e caminhos compartilhados (foto: divulgação).

A parceria entre Aline e Chicó já somam dez anos de pesquisas, projetos e caminhos compartilhados (foto: Cláudia Magnani).

A primeira temporada do espetáculo, em 2014, circulou por várias cidades do Brasil e da América Latina. Foi visto por mais de 50 mil pessoas! Agora, o trabalho ganhou nova roupagem, com outras histórias, sob a direção de Daniela Perucci e o cuidado cênico da atriz e bonequeira italiana, Aurora Majnoni.

Em 2011, fundaram o Instituto Cultural Abrapalavra, que já ganhou 15 prêmios pelos trabalhos ligados à tradição oral. Do encontro desses artistas surgiram inúmeros outros…de vozes, tambores, lendas, cirandas, folias e rodas de histórias. Eles rodaram o mundo conhecendo culturas populares e a musicalidade dos sons das palavras cantadas e faladas de vários países da América Latina, África, Europa e, principalmente, de lugarejos do interior do Brasil. O espetáculo “Contos de Lá nos Cantos de Cá” reúne seis histórias desse vasto trabalho artístico de valorização da tradição oral e de pesquisa do universo infantil.

A dupla define seu propósito em uma frase: “contar, cantar e escutar histórias foi o caminho que escolhemos para um profundo e prazeroso intercâmbio de experiências, saberes e fazeres”.

 

Quem faz o espetáculo CONTOS DE LÁ NOS CANTOS DE CÁ:

Aline Cântia – mineira de Viçosa, narradora de histórias, formada em jornalismo, mestre em Estudos Literários e doutoranda em Educação Popular e Práticas do Cotidiano. Fez apresentações e ministrou oficinas em importantes festivais, instituições culturais, sociais e educacionais em diversos países. Coordenadora do Instituto Abrapalavra.

Chicó do Céu – nascido no Rio de janeiro, radicado em Contagem, músico, compositor e um dos coordenadores e diretores artísticos do Abrapalavra. Se apresentou em espaços e festivais nacionais e estrangeiros. Neste ano, lançou seu primeiro disco solo de canções autorais com participação de importantes músicos da cena cultural mineira.

Aurora Majnoni – italiana, atriz, bonequeira e produtora cultural. Formada em Ciências Políticas na Itália, trabalhou na cooperação internacional, em projetos culturais e educacionais, turnês artísticas e circenses por diversos países. Veio para o Brasil em 2008, onde realiza estudos e trabalha como atriz e manipuladora de bonecos. Desde 2012, integra o grupo Pigmalião Escultura Que Mexe. Neste ano, passou a colaborar com o Grupo Abrapalavra.

Daniela Perucci – é de BH, atriz, formada em psicologia, professora e pesquisadora teatral. É mestre em Estudos Teatrais pela Universidade Paris 3 – Sorbonne Nouvelle Paris/França e formada pelo  CEFAR/Palácio das Artes. Atualmente, integra o elenco de palhaços do Instituto HAHAHA e Cia Catibrum.