Será na II Festa Italiana do Clube Palmeiras, dia 17 de setembro, sábado, que o cantor Salvatore Luci, especializado em canção lírica tradicional italiana, recebe a sobrinha, Nayara Papini, em um show que relembrará a cultura da terra natal. Ambos descendentes de italianos, os familiares aceitaram o dom da música e se dedicam a valorizar a diversidade musical, o lirismo e o classicismo da Itália.

Salvatore Luci e Nayara Papini deixam  o amor pela pátria natal falara mais alto e se apresentam em ffamília, na II edição da Festa Italiana do Clube Palmeiras

Salvatore Luci e Nayara Papini deixam o amor pela pátria natal falara mais alto e se apresentam em ffamília, na II edição da Festa Italiana do Clube Palmeiras (foto: divulgação).

No currículo, os artistas não deixam nada a desejar. Essa parceria já é antiga e rendeu até mesmo um disco com as composições de autores italianos consideradas mais marcantes pela dupla. E o amor pela arte é tanto que nem mesmo a rotina do dia a dia atrapalha o compromisso dessa família.

Além de músico, Salvatore também é médico. O ofício não o impede de apresentar seu talento ao público. O artista, um tenor, é residente em Belo Horizonte, mas não é apenas aqui que ele faz sucesso. Sua voz é reconhecida em todo Brasil, especialmente entre os adeptos da música italiana. Já Nayara, a soprano do evento, se inspirou no Tio e decidiu seguir carreira de interprete da riquíssima música italiana.

A apresentação será uma mostra do quando a cultura regional está viva no sangue da família e também deixa claro que o amor por aquelas terras continua marcando mesmo que a distância. Essa não é a primeira vez que os familiares se apresentam juntos, mas estas reuniões não são frequentes.

O evento é uma forma do Clube Palmeiras, fundado por descendentes italianos que migraram para Belo Horizonte, homenagear a cultura do país natal de seus fundadores. Além do dueto também está confirmo um show com a banda Urbana 2, cover do Legião Urbana, e a apresentação do Grupo La Sereníssima, especializado em dança folclórica italiana. Comidas e bebidas típicas também serão comercializadas. A entrada é franca.

 

Sobre o Clube Palmeiras

Fundado em 1957, A Sociedade Recreativa Palmeiras é um clube, em Belo Horizonte, fundado por Antônio Papini, filho de descendentes italianos. Tudo começou em 1951, quando Antônio criou uma quadra de bocha em seu quintal para lazer com sua família, amigos e outros descendentes italianos. Aos poucos, a ideia prosperou e chegou ao espaço atual, que serve como laço entre as cultura da Itália e do Brasil. Atualmente, são cerca de 2.500 associados.