Engana-se quem pensa que a sobrancelha não é tão importante para a harmonia do rosto. Basta uns fios a mais ou até a menos para que toda a expressão facial se transforme. “Sobrancelhas grossas ou próximas demais podem passar um ar carrancudo e pesado. Da mesma forma, sobrancelhas muito finas ou falhadas podem transmitir um ar de desleixo e até envelhecer”, conta Elmires Gomes, esteticista e designer de sobrancelhas do salão Ramiro Cerqueira Cabelo e Maquiagem.

Entretanto, de acordo com a profissional, nem sempre uma boa pinça aliada à maquiagem consegue manter o visual das sobrancelhas bonito e em perfeita harmonia com o rosto. Atualmente existem diversas técnicas que ajudam a disfarçar falhas, redesenhar o formato das sobrancelhas de forma natural e até rejuvenescer. “O tebori ou microblanding é uma minuciosa técnica japonesa onde a sobrancelha é esculpida fio a fio. O procedimento, que utiliza uma caneta com cerca de 11 a 15 pontas, vai pigmentando a pele e simulando os fios com muita naturalidade sem deixar um aspecto de sombreado como a micropigmentação. Dura, em média, um ano”.

De forma geral, o processo não possui contraindicações e não provoca sangramentos. “Ele é restrito apenas a pessoas com diabetes, peles propensas a queloides e gestantes”. Contudo, Elmires ressalta que, antes de se realizar o procedimento, deve-se fazer um teste de sensibilidade 48 horas antes do processo definitivo. “Caso não surja nenhuma reação, pode-se realizar o microblanding”. Os cuidados após a realização do procedimento são básicos e fáceis de fazer. “Deve-se utilizar uma pomada cicatrizante e evitar a exposição ao sol por cerca de 15 dias”, finaliza.

Antes (foto: divulgação).

Antes (foto: divulgação).

Depois (foto: divulgação).

Depois (foto: divulgação).