Uma iniciativa da Prefeitura de Belo Horizonte revitalizou uma jardineira da década de 1950 para um roteiro turístico nos principais pontos da orla da Lagoa da Pampulha. O projeto faz parte das comemoração pelo título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO ao cartão postal.

O passeio tem saída da Igreja São Francisco de Assis, de hora em hora, a parte de 09h aos sábados domingos e feriados. O trajeto incluí o Mineirão, o Museu do Futebol, o iate Tênis Clube. a Casa do Baile, o Museu de Arte, a Casa Kubitschek, o Parque Ecológico e a Fundação Zoobotânica. São 18 lugares disponíveis no veículo.

A entrada para o passeio é gratuita e a duração é de aproximadamente uma hora. A cada parada,  o proprietário do veículo e presidente do Museu de Objetos e Veículos Antigos (Mova),  Jeferson Rios, conta história sobre a Pampulha e seus monumentos. Segundo a Belotur, o projeto poderá ter permanência até o final do ano.

Os passeios já estão disponíveis durante as sextas-feiras, sábados e domingos (foto: Paulo Filgueiras).

Os passeios já estão disponíveis durante as sextas-feiras, sábados e domingos (foto: Paulo Filgueiras).