O cabelo é estigmatizado por ser um dos principais símbolos da vaidade feminina. Porém, até algum tempo atrás, associava-se a esta ideia, que somente as longas madeixas tornavam a mulher feminina e sensual. Hoje em dia, o pixie cut – aquele famoso corte “joãozinho” – está super em alta e desconstruindo a ideia dos longos. Quer exemplos? Sophia Abrahão, Cláudia Abreu, Maria Flor e Isabella Santoni são algumas das artistas que estão arrasando com esse visual.

Se quer investir nesta tendência, mas está com receio de ousar tanto, a dica é investir num pixie não tão curto e com franjinha. “A franja é o truque para não deixar o visual tão radical. Ela irá garantir uma feminilidade a mais no look”, explica Rosângela Rocha, do salão Maison Rocha. O segredo para garantir o ar despojado é utilizar pomada ou cera e dar uma leve bagunçada com as mãos.

Mas cuidado, o ideal é procurar um bom profissional para saber qual estilo de pixie cut fica bacana para o estilo da mulher. “O primeiro passo é analisar a estrutura da face. Rosto redondo ou gordinho fica legal com o pixie em camadas. Já a franja pode ser na diagonal e desfiada. Para rostos quadrados, o comprimento maior é o mais indicado. A franja pode ser de comprimento médio ou curtinha assimétrica, eternizada pela jornalista Sandra Annenberg”, ponta Rosângela.

A atriz Débora Falabella é uma que é adepta do corte joãozinho há um bom tempo (foto: reprodução).

A atriz Débora Falabella é uma que é adepta do corte joãozinho há um bom tempo (foto: reprodução).