A Prefeitura de Belo Horizonte marcou presença na “Cúpula do Clima para Líderes Locais e Regionais”, realizada nesta segunda-feira, dia 14, em Marraquexe, no Marrocos, simultaneamente à “Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP22)”. Na tarde de hoje, a convite do Fundo Mundial do Desenvolvimento das Cidades e de duas entidades de prefeitos marroquinos, o prefeito Marcio Lacerda proferiu palestra sobre a experiência belo-horizontina nas ações de enfrentamento às mudanças climáticas e sobre a importância das parcerias para o financiamento de projetos relacionados ao clima.

Lacerda ressaltou que considera fundamental o protagonismo dos municípios nas discussões sobre o financiamento de ações e obras para garantir a resiliência das cidades frente às mudanças climáticas. Em relação à experiência de Belo Horizonte, o prefeito destacou a importância do planejamento de longo prazo e defendeu a adoção de soluções como as parcerias público-privadas, que possibilitaram a construção de escolas infantis e a melhoria da estrutura de atendimento à saúde na cidade.

Márcio Lacerda ao lado de líderes mundiais (Stephania Aleixo).

Márcio Lacerda ao lado de líderes mundiais (Stephania Aleixo).

Participaram da “Cúpula do Clima para Líderes Locais e Regionais” prefeitos de cidades de diversos países, como Marrocos, Camarões, Sri Lanka e França, além de representantes da Organização das Nações Unidas (ONU), universidades e organismos que promovem programas de apoio a municípios, como a Fundação Rockfeller. Belo Horizonte foi o representante do Brasil no encontro.

Ainda nesta semana, nos dias 17 e 18, convidado pela Universidade de Harvard, o prefeito de Belo Horizonte participa da sexta edição do evento “Diálogos de Lemann”, em Boston, nos Estados Unidos. Neste encontro, Marcio Lacerda dará uma palestra intitulada “Administrando cidades, prestando serviços e confrontando desigualdades”, na qual apresentará experiências de gestão pública em Belo Horizonte. Os “Diálogos Lemann” reúnem acadêmicos, intelectuais e formuladores de políticas públicas para compartilhar suas pesquisas, experiências e perspectivas sobre os principais desafios das cidades. Marcio Lacerda foi o único prefeito brasileiro convidado para o evento.