O hábito de ir ao médico fazer exames preventivos ainda é um tabu entre os homens, especialmente quando se fala no exame do toque. Para estimulá-los a se cuidar e combater o preconceito, foi criada, em 2008, a campanha Novembro Azul, que neste ano tem a proposta de alertar para a saúde integral do homem, a fim de que ele seja responsável pela própria qualidade de vida. Nesse sentido, o portal EuSaúde, plataforma que promove o empoderamento do paciente, vem para ajudar a lembrá-los de quando e por que ir ao médico.

No Brasil, o câncer de próstata é a segunda causa oncológica mais comum entre o público masculino, com uma morte a cada 40 minutos, e dados do Centro de Referência da Saúde do Homem, de São Paulo, mostram que o número de homens que procuram um médico para consultas preventivas é, em média, 30% menor que o de mulheres. Além disso, mais da metade dos pacientes já chega ao atendimento com a doença avançada. “Os homens se cuidam menos, o que diminui até mesmo sua expectativa de vida. Isso é preocupante, pois, em estágios mais evoluídos, é muito mais difícil o tratamento e a recuperação”, defende o médico e criador do EuSaúde, Ricardo Cabral.

No site, está disponível o programa de prevenção, um protocolo com as rotinas de exames para detecção precoce de alguns tipos de câncer. “O usuário responde a perguntas sobre seu histórico familiar, faixa etária e hábitos de vida. A partir do conjunto de respostas, é gerado um calendário personalizado para que ele seja lembrado de quando fazer exames, e quais exames”, explica.

Os alertas são enviados por e-mail para os participantes, que também podem exportar a agenda particular para o Google, com alarme no celular. No portal gratuito, quem é cadastrado também pode usar uma rede social específica para trocar experiências com outros usuários, ter acesso a informações confiáveis sobre diversas doenças (o e-book sobre câncer de próstata, por exemplo, pode ser acessado pelo site (http://eusaude.com.br/cancer-book) e tirar dúvidas com profissionais da saúde.

Ricardo ressalta que a plataforma não substitui a consulta ao médico; pelo contrário, trabalha em conjunto com ela, reunindo dados sobre o paciente e funcionando como uma agenda. “Especialmente depois dos 40 anos, é importante realizar check-ups uma vez ao ano para acompanhar o crescimento da próstata, entre outros quesitos. Mas o EuSaúde é indicado para todas as idades, pois a ideia é fazer um acompanhamento de qualidade por toda a vida”, conclui.

Assista a este vídeo informativo sobre o EuSaúde: