A Feira de Cerâmica de Belo Horizonte consolida-se como o mais tradicional evento da cidade dedicado à arte da cerâmica contemporânea. Em sua 31ª edição apresenta de 8 à 11 de dezembro próximo (quinta à domingo) no Mezanino do Mercado Central de Belo Horizonte, (Av. Augusto de Lima, 744) obras de arte, utilitários e peças de decoração de 36  artistas ceramistas.

Peças de Sônia Rigueira c reciclagem (foto: Divulgação Feira de Cerâmica).

Peças de Sônia Rigueira c reciclagem (foto: Divulgação Feira de Cerâmica).

São trabalhos em diversas modalidades, estilos e técnicas que revelam o diálogo com o  design, com a arte contemporânea e com a arte popular. Tigelas, pratos, vasos, oratórios, flores, animais, esculturas, formas surreais, mandalas, bijuterias entre outros ganham forma através desta arte milenar. Os artistas-ceramistas estarão presentes durante todo o evento para conversar com o público, o que confere um charme especial à feira deste ano.

Uma grande novidade desta edição serão as oficinas gratuitas e as demonstrações de técnicas de pintura, modelagem, forma, torno e queima de raku, que serão realizadas pelos ceramistas durante os dias 9 e 10 de dezembro (sexta-feira e sábado). O objetivo é aproximar o público das técnicas e incentivar o aprendizado e a valorização desta arte.

 

Peça de Ângela Maciel (foto: Feira de Cerâmica).

Peça de Ângela Maciel (foto: Feira de Cerâmica).

Moldadas à mão ou no torno, elaboradas com argilas de diferentes tonalidades e queimadas no forno à lenha, elétrico ou à gás, pintadas ou não, as peças testemunham a pesquisa de cada artista ceramista. Esta investigação resulta em trabalhos originais, verdadeiras obras de arte onde cada peça é única.

Fruto de mais de 15 anos de mobilização, reunindo várias gerações, a feira é um movimento único no Brasil, resultado do diálogo e da troca constante de informações entre mais de oitenta ceramistas mineiros. Dentre eles, Erli Fantini que idealizou o evento em 2001. Além da capital mineira participam artistas-ceramistas de 8 cidades: Tiradentes, Ouro Preto, Nova Lima, Brumadinho, Contagem, Nova União, Esmeraldas e Betim.

A 31ª edição da Feira de Cerâmica é também uma opção diferenciada para o feriado de 8 de dezembro (Imaculada Conceição) momento para aprender, conversar, apreciar e adquirir esta arte que tem em MG um importante polo de produção do país.

Escultura da ceramista Clarete dos Santos (foto: Divulgação).

Escultura da ceramista Clarete dos Santos (foto: Divulgação).

Ceramistas participantes: Aivete e Marilene, Ângela Maciel, Ateliê Casa da Terra, Projeto TerraSer, Carla Nogueira, Carmelita Andrade, Clarete dos Santos, Cláudia Resende, Diva Dias, Djenane Vera, Duo Arte Atelier, Eliane Maia, Emmanuela Tolentino, Enilda Felício Araújo, Erli Fantini, Fernando Poletti, Flávia Guimarães, Flávia Picinin, Flávia Rocha, Francisco Alessandri, Gêra Queiroga, Germana Arthuso, Iuri Chacham, Leninha Latalisa, Letícia Panisset, Marcílio Figueiredo, Mário Tolda, Marlúcia Temponi, Maura Ferreira, Regiane Espírito Santo, Roberto Lott, Simone Campos, Sônia Rigueira, Suda Portela, Susana Fornari e Teresa Nasci.