Atos de acadêmicos contra a PEC 241 e a  PEC acontecem simultaneamente em todo Brasil. Em Belo Horizonte não diferente. Os estudantes da UFMG saíram as ruas na tarde desta quinta-feira para manifestar sua insatisfação sobre as medidas sugeridas pelos projetos de lei.

Na verdade, os alunos da Universidade estão em atividades de protesto deste o final de outubro. Os professores da Federal também aderiram o movimento e declararam greve, no dia 11 de novembro após uma assembleia geral dos mestres da Instituição. De lá para cá, com a proximidade da votação das PECs, no início de dezembro, os protestos tem intensificado.

Em um destes atos, no dia 18 de novembro, a Polícia Militar usou de bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes (conforme o vídeo abaixo). Nas redes sociais, participantes do protesto se queixaram de que as medidas tomadas pelos policiais foram truculentas e desnecessárias. Também alegaram que o movimento comandado por eles é pacífico e legal perante os direitos  do cidadão.

Assista o vídeo em que a PM lança uma bomba de efeito moral nos alunos: