No dia 06 de dezembro, será realizado o coquetel de lançamento oficial da ABRAPIT – Associação Brasileira de Proprietários de Bens Móveis e Imóveis Tombados ou de Interesse Cultural e Ambiental, no Centro de Facilidades do Minas Tênis 1 (Rua da Bahia, 2244,  Lourdes), às 19 horas. O evento contará com a presença de empresários, representantes do setor público e da classe artística.

Presidida por Ernane Augusto de Borba, a entidade foi criada em dezembro de 2015 e é um importante elo entre proprietários de imóveis tombados, poder público e profissionais ligados ao patrimônio, para preservar a identidade e a memória urbana, bem como atuar na defesa dos interesses daqueles que contribuem para manter viva a história das cidades. “Nossa missão é estimular a preservação do patrimônio histórico-cultural e da arquitetura da cidade, deixando esse legado para as próximas gerações”, declara Ernane Borba.

Com sede na Rua Professor Arduíno Bolivar, 239 – Santo Antônio, a instituição presta consultoria sobre incentivos relacionados ao tombamento, em parceria com poderes legislativo e executivo, na defesa dos interesses dos proprietários para o desenvolvimento cultural, a conservação e restauração de imóveis tombados. O presidente ressalta a seriedade e a legitimidade do trabalho da ABRAPIT como forma de também esclarecer os mitos em torno da proteção do patrimônio cultural. “Ainda existem pontos pouco esclarecidos sobre tombamento, apesar de ter seu direito de propriedade com restrições e, em alguns casos, arcando com o prejuízo devido à desvalorização imobiliária, por não poder demolir ou descaracterizar o imóvel. É cada vez mais comum a promoção de incentivos e benefícios concedidos pelo poder público, tornando-se estes uma alternativa financeiramente viável“, explica o dirigente.