A partir de hoje, a Osaka BH, localizada na Avenida Carandaí, inaugura a exposição de obras de arte abstracionista da artista plástica Márcia Froes. A exibição das obras fica na concessionária até dia 30 de dezembro. A artista trabalha painéis de tinta acrílica sobre tela.

A pintura de Márcia Froes nos faz mergulhar no abstracionismo, com seu apelo ao infinito universo inconsciente. Costuma dizer que em suas pinturas acrílicas, as texturas utilizadas, as formas, as cores e os efeitos especiais são frutos de sua ansiedade que a faz deixar-se guiar pelo acaso, porque suas inspirações surgem como relâmpagos, vindo daí a necessidade de transformá-las imediatamente em objetos que se concretizam nos painéis.

Com muito bom humor, uma de suas características, diz modestamente que sempre é conduzida pelos pincéis e pelas cores. Na verdade, eles são obedientes instrumentos que coniventemente se unem aos insights da pintora, em sintonia com sua sensibilidade, sempre presente nos seus painéis. Tudo isso faz parte de um processo mágico, em que tudo é usado sempre em função do efeito, para que cada tom e cada pincelada tragam como resultado, a beleza da obra final.

Além de seus admiradores particulares, as pinturas de Márcia Froes atendem ao mundo da decoração contemporânea. Suas pinturas têm marcado presença em exposições de lojas bem conceituadas, enriquecendo vários showrooms de Belo Horizonte.

A obra de Márcia Froes significa presença da pintura na arte da decoração, para onde tem seguido com seus grandes painéis, caracterizados pelo bom gosto, pela sensibilidade, pelas inquietações que apontam para um universo existencial muito mais completo do que aquele da simples aparência. Nela encontramos não apenas os seus sonhos e fantasias, angústias e desesperos, mas também os nossos, o que faz de sua obra um objeto de reflexão para aqueles que desejam compreender os variados matizes de nossa contemporaneidade.