2016 ainda não chegou ao final, mas os Administradores da Rod. Fernão Dias já estão divulgando números positivos em relação a estrada. O número de acidentes teve queda de 5,5% de janeiro a novembro deste ano no comparativo com o mesmo período de 2015.

Segundo dados da Autopista Fernão Dias, empresa do Grupo Arteris, nesse período, foram registrados 6.990 acidentes em 2016, contra 7.395 no ano anterior. O número de vítimas fatais também registrou queda de 25%. Em 2016, foram 105 óbitos contra 140 no período anterior.

A redução se deu, em grande parte, pelo trabalho desenvolvido pelo GERAR (Grupo Estratégico de Redução de Acidentes), que funciona desde 2013. O grupo atua em estudos com o objetivo de reduzir as ocorrências ao longo da rodovia. A equipe reúne gestores e colaboradores da Autopista Fernão Dias , de forma multidisciplinar, que se dedicam a definir ações que serão realizadas pelo grupo para reduzir em 50% o número de mortes na rodovia até 2020. “O GERAR faz um trabalho constante, com metas, plano de ação e muito planejamento”, destaca o diretor superintendente da concessionária, Helvécio Tamm de Lima Filho.

O trecho paulista da rodovia também teve redução significativa nos números. As vítimas fatais, por exemplo, caíram 42%, passou de 46 para 27. Atibaia foi o trecho com maior índice queda de mortes, aproximadamente 46%. Já o trecho de Bragança Paulista registrou a maior redução de acidentes, passou de 199 para 158.