O primeiro dia de aula para algumas crianças pode ser uma maravilha, mas para outras um desespero. O que fazer para que a escola se torne um local agradável para os pequenos? O apoio escolar, familiar e dos novos amiguinhos é fundamental para que eles se sintam bem no novo ambiente. Para a psicóloga da Escola Americana de Belo Horizonte Michelle Rocha, é preciso que os pais conheçam e apresentem previamente a escola para as crianças para que o primeiro dia não se torne um sofrimento, uma vez que quando nos preparamos para determinadas situações, a ansiedade e insegurança tendem a diminuir. “O espaço escolar é o novo ambiente da criança onde ela vai passar boa parte do seu dia, e por isso é importante que ele seja o mais atraente possível, a fim de que os pequenos não sintam tanta falta do seu lar. A convivência com pessoas diferentes no novo espaço é importante para o desenvolvimento de habilidades que serão usadas ao longo de toda a vida”, completa Michelle Rocha.

“Os adultos envolvidos no processo precisam compreender que estar em um novo ambiente pode gerar nela medos e apreensões, pois com essa compreensão, estarão mais aptos a tomar atitudes que respeitem sua experiência e que transmitam segurança. Para isso, podemos fazer um exercício de nos colocarmos em seu lugar tentando imaginar como nos sentiríamos ao iniciar um novo trabalho, por exemplo, e como gostaríamos de ser tratados”, afirma Michelle. Foto: Escola Americana de Belo Horizonte/ divulgação.

“Os adultos envolvidos no processo precisam compreender que estar em um novo ambiente pode gerar nela medos e apreensões, pois com essa compreensão, estarão mais aptos a tomar atitudes que respeitem sua experiência e que transmitam segurança. Para isso, podemos fazer um exercício de nos colocarmos em seu lugar tentando imaginar como nos sentiríamos ao iniciar um novo trabalho, por exemplo, e como gostaríamos de ser tratados”, afirma Michelle. Foto: Escola Americana de Belo Horizonte/ divulgação.

Nos primeiros dias de aula, os pais devem acompanhar os seus filhos para que eles se sintam mais seguros, principalmente quando é a primeira vez que eles vão frequentar uma escola. Algumas crianças adoram de primeira a novidade, outras precisam de um processo de adaptação. “É importante também que a escola esteja atenta para as questões emocionais relacionadas a este período de adaptação, promovendo atividades que estimulem o desejo da criança de estar ali a fim de atraí-las para os momentos agradáveis que serão vivenciados na instituição, como as brincadeiras, brinquedos e outras atividades, deixando em evidência que aquele é um espaço agradável no qual podem se sentir à vontade”, explica a psicóloga.

É preciso envolver as crianças nas questões relacionadas à vida escolar. Falar sobre a mudança que será feita, as características positivas do lugar, o que ela irá aprender, os novos amigos que fará, dentre outros, é fundamental para que elas conheçam todos os detalhes e aspectos relacionados a escola em que vão estudar e assim, se sintam mais seguras. “É importante discutir tais aspectos, principalmente com as crianças do Ensino Infantil, que entrarão em contato com o ensino formal pela primeira vez, pois a mudança da rotina de casa para a escola é bastante significativa”, declara. Ainda de acordo com a psicóloga, contar sobre as coisas boas da escola, como os novos amiguinhos, trabalhos, passeios, brinquedos e professores, é uma maneira de atrair e aguçar a curiosidade dos alunos em fazer parte da magia escolar. O apoio da equipe educacional é fundamental para que pais e crianças se sintam familiarizados com o dia a dia da instituição.