Vista aérea do Circuito Cultural da Praça da Liberdade (foto: Movie Drone/ divulgação).

Vista aérea do Circuito Cultural da Praça da Liberdade (foto: Movie Drone/ divulgação).

O Circuito Liberdade recebeu mais de 1,5 milhão de visitantes durante o ano de 2016 e bateu novamente o recorde de público. Para isso, contribuiu uma programação diversificada, em que o público conferiu exposições, seminários, palestras, peças teatrais, shows e muitas outras atividades em todos os espaços.

O Centro Cultural Banco do Brasil registrou o maior número de público de todos os tempos em Belo Horizonte com a exposição “Comciência”, de Patricia Piccinini. Mais de 300 mil pessoas passaram pelo espaço para visitar as obras hiper-realistas que surpreenderam e  encantaram os belo-horizontinos. Ainda no CCBB-BH, a mostra “Mondrian e o Movimento de Stijl”. – maior  obra já exposta no Brasil sobre o artista – trouxe mais de 150 mil pessoas para conferir de perto a geometria que se tronou ícone na cultura pop mundial.

Com o objetivo de ampliar o diálogo com a população, visando uma maior participação da sociedade na construção e avaliação de políticas públicas na área cultural, o Circuito Liberdade realizou uma série de debates. Foram três edições do Observatório do Circuito em 2016.

Durante o ano de 2016 o Circuito Liberdade recebeu mais um integrante, totalizando assim 14 espaços culturais. A Academia Mineira de Letras, instituição com mais de 100 anos de história, trouxe ainda mais diversidade para a grade de programação do Circuito.

 

Circuito Liberdade

O Circuito Liberdade, inaugurado em 2010, está sob a gestão Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) desde janeiro de 2015. O projeto busca maior articulação com o espaço urbano e com os diversos grupos artísticos e populares, consolidando-se como um braço forte da política pública de Cultura do governo estadual. Abrigado em uma área história de Belo Horizonte, é composto por 14 instituições, dentre museus, centros de cultura e de formação que mapeiam diferentes aspectos do universo cultural e artístico.