Aquele hábito de não largar o telefone as vezes acaba saindo caro. Principalmente se a atividade estiver sendo desenvolvida ao volante. Apenas em 2018 foram 48.912 multas de trânsito geradas por conta desse delito.

Foto: divulgação/PBH.

Foto: divulgação/PBH.

Em relação a 2017, o volume cresceu 10%. No ano passado foram 44.451 registros. Esses dados representam apenas as ocorrências registradas em Belo Horizonte. Caso somados os números do Estado de Minas Gerais, o montante é maior ainda.

Classificada como gravíssima, a multa pelo uso do celular ao volante pode chegar a cerca de R$ 300,00. Além disso, o infrator pode perder 07 pontos na carteira de motorista.