Após temporada de sucesso e crítica no Rio de Janeiro, o musical “Meu Destino é ser Star, ao som de Lulu Santos”, com cerca de 40 sucessos da carreira do cantor e compositor, viaja em turnê e Belo Horizonte é a primeira cidade a receber a montagem. O espetáculo, com direção geral de Renato Rocha e direção musical e arranjos de Zé Ricardo (cantor e curador do palco Sunset no festival Rock in Rio), narra a trajetória de jovens que buscam realizar seus sonhos profissionais e conquistar um grande papel em suas carreiras artísticas. A temporada mineira acontece no Grande Teatro Sesc Palladium nos dias 26 e 27 de abril (sexta às 21 h e domingo às 17h e 21h). Na semana de estreia do espetáculo o valor do ingresso terá um desconto de 30% (para venda até quinta-feira, dia 25).

Com apresentação do Ministério da Cidadania e da SulAmérica, patrocínio da Riachuelo, apoio do CNA, Eurofarma e da Livelo, o espetáculo, escrito por Diego De Angeli, Leandro Muniz e Renato Rocha, com produção da EmFoco Produções Artísticas em parceria com a Aventura, vem encantando a todos, pois aborda assuntos atuais e levanta questionamentos sobre as mais variadas relações. “O texto fala de TODA FORMA DE AMOR e sonhos, temas atemporais, assim como os sucessos desse grande ídolo do pop nacional”, diz o diretor Renato Rocha. Um espetáculo que prima por ser um musical emocionante, pop, atual e recheado de canções que marcaram vidas. Além de falar e mexer com emoções, traz à tona temas comuns a todos, como conflitos internos e superação pessoal.

No elenco da montagem, que conta com dez atores, o lançamento da atriz Jéssica Ellen, que encara o primeiro musical da carreira, e artistas que fazem parte da história dos grandes espetáculos musicais já montados no Brasil: destaque para o talento de Myra Ruiz (protagonista de “Wicked”, onde viveu a personagem Elphaba), Mateus Ribeiro (protagonista de “Peter Pan”, acaba de ganhar o Prêmio Reverência, como melhor ator), Gabriel Falcão (“Les Misérables”), Helga Nemetik (“Chaplin, O Musical”), Victor Maia (“60! Década de Arromba – Doc. Musical”), Carol Botelho (“Peter Pan”), Marina Palha (“S’imbora, O Musical – A História de Wilson Simonal”), Ana Elisa Schumacher (“Chacrinha, O Musical”) e Leonardo Senna (“Ayrton Senna, O Musical”). Outra novidade dessa montagem será a participação do ator Diego Montez (“A Noviça Rebelde”), um ator fora do palco, que será o “host” do espetáculo, atuando nas redes sociais e mídias digitais, transitando e costurando o conteúdo do espetáculo online.

“Toda a forma de amor”, como diz a música do cantor, é o nome da peça que os atores pretendem montar na trama. Tem força ainda por ser o gancho das histórias paralelas, que se cruzam na busca por um sonho, cuja narrativa são os conflitos internos e sociais que permeiam a vida de um artista, onde o reconhecimento através do seu talento será sempre uma busca em comum. A história cotidiana de quem quer ser um star, é levada ao palco, despida de preconceitos e rótulos, embalada pelos hits do cantor, como “Tudo bem”, ”Um Certo Alguém”, “Apenas Mais Uma de Amor”, “Condição”, “Tempos Modernos”, somando cerca de 40 músicas do repertório de um dos maiores hitmakers brasileiros. “É um mergulho na carreira do Lulu unido à busca pelo sonho de ser uma estrela de musical”, explica Renato.