Prefeitura de Belo Horizonte dá início, a partir do dia 5 de junho, ao processo de cadastramento para o ingresso de crianças na Educação Infantil da capital para o ano de 2020. O cadastro, regulamentado pela Portaria 135/2019, publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira, dia 30, é destinado às crianças nascidas a partir de 1º de abril de 2014 e residentes em Belo Horizonte.

Alunos da EMEI no Pindorama (Foto: Sydney Procópio).

Alunos da EMEI no Pindorama (Foto: Sydney Procópio).

Este ano, além da antecipação do cadastro, que era feito no segundo semestre, a portaria inova com a possibilidade de gestantes também realizarem a inscrição. Nesse caso específico, as mães grávidas devem fazer um cadastro com seu próprio nome e, no campo referente à data de nascimento, utilizar o dia de preenchimento do formulário. Durante o cadastro, os pais, responsáveis e gestantes devem preencher uma ficha informando dados como identidade, CPF, endereço completo, número de telefone para contato e número do NIS ou CAD, para quem possuir esse registro.

O cadastramento será feito somente pela internet, mas aqueles que não possuem acesso à rede poderão se dirigir às diretorias regionais de Educação durante o horário de funcionamento, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, para fazer uso do computador.  Outra opção é utilizar, nos fins de semana, os laboratórios de informática das escolas municipais que possuem atendimento do programa Escola Aberta. No total, 171 escolas estão disponíveis para esse atendimento.

O processo deve ser feito neste link até o dia 5 de julho. O resultado do cadastramento será divulgado no site da Prefeitura no dia 30 de agosto. Entre os dias 2 e 6 de setembro haverá o sorteio público das vagas restantes e o período  de matrícula será de 2 a 13 de setembro.