As bicicletas estão dominando a programação da Virada Cultural de Belo Horizonte. Seja empoderando mulheres, alimentando a produção sonora ou promovendo interação. Para os amantes do ciclismo não faltam opções de atividades com a magrela.

Foto: iStoock.

Foto: iStoock.

No sábado (20), a partir de 18h, o Velódromo Raul Soares promete causar fortes emoções em quem estiver presente na Praça que tem o nome da atividade. Ciclistas competem entre si para ver quem é o mais veloz. Para correr, é preciso se inscrever uma hora mais cedo no local do evento. O valor arrecadado será revertido para os três primeiros colocados.

Outro destaque para as bikes é o AUTO Sound System, um Sistema Sonoro Móvel puxado por bicicletas, autossuficiente e capaz de gerar a energia necessária para seu funcionamento através de placas solares somadas a geradores elétricos movidos a pedaladas. Na Virada, o sistema vai gerar energia para os Djs Luiz Valente e Bill se apresentarem em cima do Viaduto de Santa Teresa. A atividade vai durar 24h e vai começar no sábado, às 19h.

Mais uma proposta diferenciada para os apaixonados por bike é o Open de Bike Polo, um campeonato amistoso onde todos podem se inscrever, com oficinas práticas e explicativas antes dos jogos. A ideia é trocar os cavalos do já conhecido jogo de Polo e adicionar bicicletas. A atividade acontece no domingo, de 11h às 19h na Av. Afonso Pena, entre Bahia e São Paulo.