Foto: PBH.

Foto: PBH.

A 5ª edição da Virada Cultural de Belo Horizonte começa neste sábado, dia 20, às 19h. Realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e do Instituto Periférico, com apoio e adesão de diversos parceiros institucionais, neste ano a Virada Cultural conta com 447 atrações espalhadas em 25 espaços do hipercentro durante 24 horas. Serão mais de 2.800 artistas se apresentando para um público estimado em 500 mil pessoas.

Em toda a sua história, o evento já reuniu mais de cinco mil artistas, duas mil atrações e mais de 1,6 milhão de pessoas. A realização da Virada Cultural foi instituída pela lei municipal 10.446, de 28 de março de 2012. Informações no site da Virada Cultural.

Para garantir a convivência harmônica entre quem vai participar do evento e os cidadãos que vivem na região, bem como as demais pessoas que circulam pelo hipercentro, foi montada uma operação especial de segurança, mobilidade urbana, atendimento de urgência, serviços urbanos, ordem pública e proteção social. A programação completa está disponível para download no site da Virada Cultural.

Operação especial de Mobilidade
Metrô: Pela primeira vez na Virada Cultural, o metrô vai operar 24h ininterruptas. A Estação Central permanecerá aberta durante toda a programação para embarque e desembarque, além de contar com o reforço de equipes de segurança e bilheteria. Os trens partem a cada 30 minutos. As demais estações do metrô estarão abertas no horário habitual (das 5h15m às 23h), com funcionamento 24h na Virada apenas para o desembarque de passageiros. A CBTU-BH também deixará trens de prontidão para que entrem em operação a qualquer momento, caso seja constatada elevação no número de usuários. Não haverá recarga de crédito nos cartões Ótimo e BHBus, apenas venda de bilhetes únicos.

 Interdição de vias: Haverá interdição de vias da região central (vide mapa abaixo). Faixas vão orientar os condutores sobre os desvios. Para garantir a mobilidade de veículos de emergência, os acessos à área hospitalar estarão liberados. Ao todo, cerca de 80 pessoas da BHTrans se empenham na operação da Virada Cultural. Nas ruas, 50 Agentes da Unidade Integrada de Trânsito (BHTrans, Polícia Militar e Guarda Municipal) operam (monitorar, fiscalizar e orientar) o tráfego no Centro da cidade. Ainda, duas equipes fazem atendimento aos usuários próximo aos pontos de ônibus que passarão por alterações.