Alunos do Projeto Superar, que deu suporte para muitos jovens que se destacaram o JEBH e se classificaram para o JEMG (foto: Marcelo Machado/PBH).

Alunos do Projeto Superar, que deu suporte para muitos jovens que se destacaram o JEBH e se classificaram para o JEMG (foto: Marcelo Machado/PBH).

De 29 de julho a 3 de agosto, 25 alunos-atletas do programa Superar vão participar das modalidades paralímpicas dos Jogos Escolares de Minas Gerais 2019, em Uberlândia, a 540 quilômetros de Belo Horizonte, na região do Triângulo Mineiro. Desenvolvido pela Prefeitura de Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, o Superar promove a inclusão social da pessoa com deficiência por meio do esporte.

A delegação do Superar viaja à Uberlândia neste domingo, dia 28 de julho, para disputar as modalidades de judô PCD (Pessoa Com Deficiência), tênis de mesa PCD, atletismo PCD, natação PCD e bocha paralímpica. Além dos 25 atletas, a delegação será composta pelo gerente de Paradesporto e técnico de judô, Marcelo Mendes; pela técnica de natação, Ingrid Lôbo; pelo técnico de bocha paralímpica, Diego Valadares; e pela técnica de atletismo e tênis de mesa PCD, Thamyris Costa.

“Não é nosso fim formar atletas campeões, mas estamos conseguindo fazer o esporte de participação social e levar atletas para competições. Os investimentos da Prefeitura no Superar têm crescido muito desde 2017, e isso amplia as possibilidades de desenvolvimento da política pública, em todos os contextos. Possibilita que tenhamos profissionais habilitados, aumento no número de alunos-atletas e possibilidades de resultados”, afirma Marcelo Mendes, responsável pela delegação do Superar no JEMG 2019.