Queda de barranco em uma escola da rede pública de BH
(Foto: Reprodução/TV Globo)

 

Cerca de 2,9 mil estudantes de escolas públicas de Belo Horizonte não iniciaram as aulas hoje, diferente do previsto pelo calendário letivo de 2020. O motivo é a interdição de 10 escolas que foram severamente afetadas pela chuva que caiu na capital no último mês;

Segundo a Defesa Civil, essas medidas foram necessárias porque há um alto risco de deslizamento, alagamentos e outras outras ocorrências. A medida foi tomada após uma reunião entre as equipes dos órgãos.

O objetivo é claro: a segurança dos alunos. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai realocar os alunos para outras instituições. Os que morarem afastados da futura unidade de ensino terão transporte gratuito.

Veja a lista de escolas interditadas:

  • Escola Municipal São Rafael – Rua Coronel Otávio Diniz, 1 – Pompeia (realocados)
  • Escola Municipal Carlos Góis – Rua Mendes de Oliveira, 446 – Santo André
  • Escola Municipal Elói Heraldo Lima – Rua Engrácia Costa e Silva, 56 – Conjunto Jatobá
  • Escola Municipal Inácio Andrade de Melo – Rua Violeta de Melo, 988 – Jardim São José
  • Escola Municipal Eleonora Piero Setti
  • Escola Municipal Tenente Manoel Magalhães Penido – Rua Amur, 48 – Betânia
  • Emei Capivari – Rua Capivari, 1.024 – Serra (realocados)
  • Emei Vila Antena – Rua Flor do Oriente, 137 – Jardim Alvorada
  • Emei Braúnas – Rua Áurea Eliza Valadão, 40 – Braúnas
  • Creche Movimento de Promoção Social (Mops) – Rua Arapari, 470 – São Geraldo