Foto: Reprodução/Google Street View

 

Segundo uma reportagem publicada pelo site da Rádio Itatiaia, uma funerária do bairro Nova Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte, confessou ter recebido 32 corpos de pessoas com indicativos de insuficiência respiratória aguda, pneumonia crônica ou aspirativa – todos sintomas do novo coronavírus. Toda essa demanda chegou para a casa num período de apenas 4 dias.

Para a rádio, o gerente disse que “em 30 anos de profissão não se recordava de receber quantidade de corpos tão grande em um intervalo tão pequeno de tempo”. Ainda segundo a Itatiaia, as vítimas têm faixa etária entre 49 e 90 anos. Uma delas veio de Betim na qual o laudo médico consta como “vigência da pandemia Covid-19”. Esse corpo teve a orientação de sepultamento imediato logo após a internação.

Também segundo a Rádio a Itatiaia, o caso vazou após uma denuncia anônima. As informações são de que viralizou nas redes sociais um boletim de ocorrência da PM, relatando que os militares foram acionados na noite de domingo (22/03), por meio de denúncia anônima, para a funerária.

Segundo o texto da reportagem, “a Secretaria de Saúde disse que a situação é avaliada e acompanhada por órgãos competentes. ‘Vale ressaltar que não há, até o momento, nenhum caso confirmado de óbito por Covid-19 no estado de Minas Gerais. Tão logo as informações sejam apuradas adequadamente daremos os devidos esclarecimentos’, escreveram.

A funerária ainda não se pronunciou oficialmente.