Foto: reprodução

 

Marginais incitaram a violência contra jornalistas e os ameaçaram de morte em uma pichação num tapume, no cruzamento da avenida Alfredo Balena com avenida Francisco Sales, no bairro Santa Efigênia, região Leste de Belo Horizonte. A mensagem incentiva que um jornalista seja assassinado por dia.

Na manhã de hoje (14/05) a presidente do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais, Allesandra Melo, foi até o local para averiguar o ato criminoso e lamentou a atitude. Ao lado de Kerison Lopres, ex-presidente do Sindicato, Allesandra informou que irão fazer um grafite para cobrir as mensagens de ódio.

Em seguida, Alessandra realizou um boletim de ocorrência e informou que irá requisitar imagens de câmara de segurança para fazer uma denúncia para tentar identificar o responsável por tamanha marginalidade. “Vamos denunciar esse absurdo e dizer a população que jornalista bom é jornalista vivo e que incomoda.Vamos tampar isso aqui”, disse.

Veja em nosso Instagram: