Foto: reprodução/R7

 

Começou hoje, em Minas Gerias, o recurso de teleaulas para apoiar alunos de todo o Estado durante a quarentena. A finalidade é contribuir para que os jovens estudantes não tenham um déficit educacional ao longo do período sem aulas presenciais, conforme orientou o governador Romeu Zema (Novo). Porém, no primeiro dia de funcionamento, o site da Rede Minas não estava funcionando.

A Rede Minas é o canal escolhida para apresentar as videoaulas. Uma reportagem do portal R7 até chegou a acessar a plataforma virtual da emissora, por volta de 8h, mas não obteve sucesso. Segundo publicação o site havia saído do ar. Ainda de acordo com o R7, diversos alunos chegaram a relatar a má funcionalidade em redes sociais.

Em nota ao R7, a Rede minas informou que “apresentou instabilidade por problemas técnicos o site “apresentou instabilidade por problemas técnicos, que foram posteriormente corrigidos”. Também esclareceram que “as aulas serão disponibilizadas no aplicativo ‘Conexão Escola’ e no canal Youtube da Secretaria de Estado de Educação” e que “hoje, excepcionalmente, o programa foi transmitido, também, no Youtube da Rede Minas”.