Foto: PBH

 

Desde 20 de março até as 10h desta sexta-feira, dia 3, os guardas municipais realizaram 35.201 abordagens de orientação a comércios, empresas e em espaços públicos da capital. Tais abordagens resultaram no fechamento de 17.413 estabelecimentos que estavam em desacordo com as determinações. No período, um total de 68 alvarás foram recolhidos pela Guarda Municipal.

No somatório que é acompanhado desde março, a região que mais demandou o comparecimento dos agentes da Guarda Municipal foi a Centro-Sul (23%). Em seguida aparece a região Oeste (14%), Barreiro (12%), Noroeste (11%), Nordeste (10%), Pampulha (9%), Leste (8%) Venda Nova (7%) e Norte (6%).

As abordagens da Guarda Municipal acontecem durante patrulhas preventivas realizadas todos os dias da semana. A corporação permanece fazendo o monitoramento do comércio e dos espaços públicos de Belo Horizonte para garantir o cumprimento das novas regras, mantendo todo o seu efetivo (composto por 2.064 agentes) nas ruas, dividido em turnos, também para atender às denúncias de descumprimento das regras.

Denúncias
A população pode denunciar o funcionamento indevido de estabelecimentos ou a existência de aglomerações utilizando o PBH App ou o Portal de Serviços da Prefeitura, ambos integrados ao BH Digital. Tanto no aplicativo, quanto no Portal, os nomes dos serviços são:

1. Coronavírus – Denúncia de descumprimento de medidas de prevenção por estabelecimentos autorizados a funcionar.

2. Denúncias de aglomeração em salões de festas comercial.