Foto: Reprodução/Facebook

 

O desespero para manter a saúde da família regular, obrigou Mônica Pereira, de 41 anos, moradora de Belo Horizonte, a fazer uma oferta nas redes sociais oferecendo serviços de faxina em troca de leite em pó. Mãe de uma menina de 4 anos e de um rapaz de 18, o condimento será aproveitado para ajudar na alimentação da criança.

Desempregada desde dezembro do ano passado, Mônica não tem conseguido empregos fixos como saladeira, profissão que costumava exercer em restaurantes. Foi então que decidiu fazer “bicos” de diarista para adquirir renda extra e poder manter as despesas do lar.

Porém, com a chegada da pandemia, as oportunidades ficaram ainda mais escassas. Isso a motivou a fazer o anúncio em um grupo de Facebook no domingo (05/07). De lá para cá, pessoas a acolheram bem tanto quanto criticaram a sua postura. A mulher ainda contou ao Jornal O Tempo que tem sobrevivido de doações de amigos, de cestas básicas doadas e do auxílio emergencial. “Cesta básica eu tenho quando as pessoas me dão, porque não tenho dinheiro para fazer uma compra desde antes da pandemia. Quando consigo uma faxina, é para pagar água luz”, contou.

Interessados em ajudar, podem procurar Mônica através de seu WhatsApp: (31) 98976-3321. “Eu preciso de comida e preciso muito, muito trabalhar. Eu tenho procurado, tenho andado bastante, mas ainda não apareceu nada. O pessoal está com muito receio de contratar faxineira agora. Ainda estou esperando o auxílio. Nunca sei como vai ser o próximo mês”.