Foto: TSE-MG

 

Em uma conversa concedida ao programa “Entrevista Coletiva”, da Band Minas, o prefeito Alexandre Kalil (PHS), confessou que acredita na possibilidade de um segundo turno nas eleições municipais de Belo Horizonte em 2020. O chefe do executivo contou que já está preparando sua equipe para o trabalho neste caso.

No dia a dia, a aceitação de Kalil por parte do eleitorado está caindo bruscamente por conta de sua postura e de suas decisões no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Além da crise da Covid-19, outros problemas que a capital enfrentou ao longo de sua gestão, como as chuvas de janeiro, também contribuem para a baixa aceitação do atual prefeito.

Inicialmente previstas para outubro, as eleições municipais foram adiadas para ocorrerem em 15 de novembro e 29 de novembro, primeiro e segundo turno, respectivamente. Na oportunidade, eleitores irão votar para os cargos de prefeito e vereadores.