Foto: Reprodução/ Guarda Municipal

 

A madrugada de sábado estava animada no Bairro Vista Alegre, Região Oeste de Belo Horizonte. A Guarda Municipal precisou encerrar uma festa clandestina em uma boate do bairro, que concentrava cerca de 80 pessoas. Totalmente na contramão das medidas que contribuem para a não circulação do novo coronavírus.

Ainda de acordo com a Guarda Municipal, o proprietário da casa foi orientado e acatou fechando o estabelecimento. As informações são de que os guardas foram informados da festa através de denunciantes anônimos contando sobre uma movimentação fora do normal na rua Capim Branco.

No local, a Coorporação relatou que a maioria dos frequentadores não usam máscara – o que é punível com multa de R$ 100. Além dos riscos de contaminação, eventos deste tipo e o funcionamento dos estabelecimentos que os abrigam estão suspensos por decreto emitido pela prefeitura.