Foto: iStock


Uma rede biofarmacêutica chinesa começou, nesta sexta-feira (31/07), a testagem de uma vacina contra o novo coronavírus, em Belo Horizonte. A partir da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Sinovac Biotech realizará a terceira fase de teste do Coronavac, desta vez com a aplicação do medicamento em humanos.

Os testes foram aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e por outras entidades éticas. 852 pessoas serão submetidas ao teste. Todas elas profissionais da área da saúde – médicos, enfermeiros e paramédicos e que também precisam atuar diretamente no cuidado de pacientes infectados pelo vírus.

Entre os critérios de elegibilidade para o voluntariado, é necessário ter mais de 18 anos, não ter sido contaminado pela COVID-19, não apresentar doenças crônicas e não fazer uso de medicamentos. Além dos voluntários em Belo Horizonte, outras 8,2 mil pessoas também participam da fase de testagem em outras localidades do Brasil. O laboratório disponibilizou cerca de 20 mil doses para o país.