Foto: reprodução/WhatsApp

Vestidos com seus quimonos, atletas de Jiu-Jitsu protestaram neste domingo (02/08) contra o fechamento de academias em Belo Horizonte. Reunidos na Praça da Bandeira, no bairro Mangabeiras, Região Centro-Sul de BH, os lutadores pediam pela reabertura dos locais de treino.

Ao longo do ato, além do objetivo de clamar pela reabertura das academias, os participantes ergueram cartazes em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e pedido de impeachment dos ministros do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes. Alguns deles não usavam máscaras.

Há mais de 130 dias parados, os atletas demonstraram insatisfação com as medidas do poder público em Belo Horizonte  Há menos de dez dias, a prefeitura criou um protocolo para a retomada das atividades nas academias, mas ainda não colocou em prática e não há previsão para o retorno.