Foto: iStock

 

Durante uma entrevista para a Rádio Super, o prefeito Alexandre Kalil (PHS) não mostrou estar otimista com a volta às aulas da rede municipal de ensino. Ao ser questionado sobre as atividades presenciais, o chefe do executivo disse que não enxerga essa possibilidade em 2020.

“Não tem previsão alguma de volta às aulas. Estamos dando uma cesta básica por mês para cada criança porque são famílias que precisam daquela merenda. Não vislumbro volta às aulas em 2020”, afirmou o prefeito em entrevista ao jornalista Leo Mendes.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, as aulas em escolas da rede municipal de ensino de Belo Horizonte estão suspensas desde março. Os alunos estão sendo submetidos ao sistema online para manterem a educação. Já os professores, segundo Kalil, continuam exercendo as funções e estão trabalhando em um plano, futuro, da Secretaria de Educação, que os coloca unidos para pensar em um plano de volta às aulas