Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

 

O Governo de Minas esclarece que o um terço de férias dos servidores estaduais está sendo pago normalmente. O benefício havia sido suspenso temporariamente em abril, em razão da crise financeira provocada pela pandemia de covid-19, mas foi regularizado no mesmo mês. O Estado emitiu uma folha de pagamento extra e quitou o direito do funcionalismo, referente ao mês de abril, no mês de maio, e o benefício continua sendo pago.

Em abril, o Estado também suspendeu a concessão do abono fardamento dos militares, que foi quitado no mês seguinte, em maio, conforme anunciado pelo governador Romeu Zema na ocasião. A suspensão temporária do pagamento dos abonos foi uma medida adotada pelo Governo visando garantir o pagamento dos salários dos servidores e a manutenção de recursos para o combate ao coronavírus, diante da queda repentina da arrecadação estadual.

A situação foi informada no dia 16/4, durante entrevista coletiva dos secretários de Fazenda, Gustavo Barbosa; Planejamento e Gestão, Otto Levy; de Governo, Igor Eto; e do secretário-geral, Mateus Simões. No anúncio, foi esclarecido que os direitos não estavam sendo cancelados e que seriam pagos quando o Estado verificasse uma melhora no cenário fiscal. O que aconteceu logo em seguida.