Foto: Comunicação/CMBH

 

De acordo com o boletim do projeto Monitoramento COVID Esgotos, o número de infectados por coronavírus em Belo Horizonte chegou ao seu menor índice desde o início do mês de junho. Isso pode significar que está acontecendo uma redução no número de infectados na capital.

Conforme os dados da coleta, entre dias 20 e 24 de julho, a estimativa foi de que houvessem 850 mil doentes em BH. Já os dados das últimas amostras, coletadas entre 10 e 14 de agosto, indicam que cerca de 170 mil pessoas estejam doentes. Quase sete vezes a menos.

“Mesmo diante do declínio observado a partir da semana epidemiológica 32, os dados apresentados neste boletim indicam que a população infectada estimada ainda é bastante elevada, reforçando que medidas de prevenção e controle para redução da disseminação do vírus devem ser mantidas, a fim de evitar a ocorrência de novos picos e o aumento da transmissão do vírus”, descreveu o boletim.

As amostras são coletadas na sub-bacia de esgotamento do ribeirão Arrudas, na sub-bacia do ribeirão do Onça, em Belo Horizonte e em Contagem. O estudo tem participação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).