Foto: Charles Torres

 

Com a proximidade das eleições municipais 2020, os rostos dos candidatos que devem concorrer ao cargo de prefeito começam a aparecer. Em Belo Horizonte, até o momento, seis nomes já estão confirmados a entrar na corrida pelo cargo chefe do executivo municipal.

O primeiro deles foi o do atual prefeito Alexandre Kalil (PSD), que irá tentar a reeleição mesmo numa baixa de sua popularidade. O segundo foi o da deputada Áurea Carolina, indicada pelo Psol para a tentativa de ser a primeira mulher a ocupar a cadeira em Belo Horizonte.

Mais um deputado federal confirmado para disputa pelo poder em BH é Fabiano Cazeca que entra pelo Pros. Também deputado, só que estadual, mais um dos nomes é o do Professor Wendel Mesquita, que deve concorrer pelo Solidariedade.

Outro nome forte que apareceu foi o do ex-deputado federal e ex-ministro Nilmário Miranda, de 73 anos, como candidato pelo PT. Além do petista, estão oficializados e devem concorrer Marcelo Souza e Silva, pelo Patriota, e Rodrigo Paiva, pelo Novo.

Outros nomes também aparecem com pré-candidatos. Como Bruno Engler, do PRTB, Cabo Washington Xavier, do PDS, Igor Timo, do Podemos, Fernando Borja, Avante, João Vítor Xavier, Cidadani, Júlio Delgado, PSB, Lafayette Andrada, Republicanos, Luisa Barreto, PSDB, Wadson Ribeiro, PCdoB, e Wanderson Rocha, PSTU.